JUNHO


Hoje não vim aqui falar de sexo, más falar do quanto sou grato e feliz em trabalhar como garoto de programa. Em todo esse tempo nesse ramo tive muitos momentos maravilhosos, conheci pessoas fantásticas e lugares inesquecíveis. Como disse anteriormente não vim falar de sexo, o que eu vou relatar a partir de agora aconteceu sábado dia 01 de Junho. Atendo esse casal a mais ou menos 6 anos, isso mesmo que vocês leram, são 6 anos de atendendo e todas as vezes sempre foram marcados de muito sexo e de muitas resenhas, falamos de tudo um pouco e sempre nos divertimos muito. más nesse último encontro um fato me deixou muito feliz. Quando estávamos conversando e falando do tempo que nos conhecemos ela (esposa) se emocionou chegando até a chorar, vocês não fazem ideia da emoção que contagiou a nós três naquele momento. Muita gente pode achar que estou aqui fazendo marketing ou que estou contando mentira, a verdade é que eu não tenho nenhuma necessidades de fazer isso, até porque esse trabalho me dá muito orgulho. Ao ver aquela mulher emocionada, me abraçando e me agradecendo por ter me conhecido, me senti um cara realizado, e não foi só ela, o marido dela também se emocionou e me agradeceu. Fique por alguns segundos sem palavras, pois não é todo dia que isso acontece na nossa vida, ainda mais sendo um garoto de programa, digo isso porque minha profissão é muito discriminada. Eu sou muito grato a esse casal por tudo que aprendi nesse longo tempo que saímos, como também sou grato a todos os casais e mulheres que me procuram até hoje e aqueles casais e aquelas mulheres que por algum motivo não saem mais comigo. Com certeza esse atendimento foi ainda mais especial e ficará marcado na minha vida. O diferencial nesse tipo de trabalho é sempre tratar as pessoas como nós gostaríamos de ser tratados por elas, sempre se colocar no outro lado e com isso consegui ser um garoto de programa altamente profissional, más sem ser mecânico. Com os anos de trabalho fui me aperfeiçoando e melhorando cada vez mais, sem querer ser melhor do que ninguém, más ser melhor no que faço. Faço por dinheiro? Sim, faço! Más as pessoas merecem o melhor e por isso me dedico a ser antes de tudo um ser humano autêntico e verdadeiro.

O CARA

Quinta-feira a tarde, véspera de feriado e tudo parecia normal, cidade ficando vazia e eu me programando para assistir um filme no netflix. Foi então que recebi uma ligação de uma mulher que dizia está interessada em sair comigo, ela disse que já tinha dado uma passeada pelo meu blog, mas ainda estava pensando em sair ou não. Após alguns minutos de conversa ela ainda não tinha certeza, mas demonstrou que estava disposta a encarar esta aventura. Ela ficou de dar uma resposta pelo whats e combinou da gente ir se falando. Por volta das 17hs. ela mandou uma mensagem pra mim e agendamos para as 20:30hs. combinou de me encontrar em um bar super badalado na orla, bem próximo ao motel que iríamos. Cheguei no local, estacionei e avisei q estava lá, de imediato ela saiu e ficou em pé na entrada do bar, quando olhei lá estava ela, de vestido preto ela estava perfeita e linda. Veio em minha direção e disfarçadamente à olhei dos pés a cabeça e fiquei maravilhado com sua beleza. Nos cumprimentamos e naquele momento nós dois nos conectamos. Nos dirigimos para seu carro que por coincidência estacionei o meu ao lado do dela, tudo estava se encaixando perfeitamente que eu não conseguia tirar os olhos dela enquanto ela dirigia. Chegamos no motel, pedimos um quarto e entramos e não perdemos tempo, começamos a nos beijar enquanto íamos nos despindo, fomos para a cama e continuamos na mesma pegada quente, então comecei a percorrer todo seu corpo dando vários beijinhos, como sempre caprichei no sexo oral e a cada gemido que ela dava, com mais tesão eu ficava. Eu não queria largar aquela xoxota deliciosa, mais como o sexo é uma troca eu também não poderia ficar sem o oral daquela mulher com lábios carnudos, ela agarrou meu pau e chupou maravilhosamente e com vontade e isso me deixou alucinado. Ela percebeu como eu estava e deitou na cama de pernas abertas como se dissesse: "venha meter". Só que eu sou mais sacana e estava muito a fim de putaria, ao invés de meter, eu fui até ela e comecei a provoca-lá dando beijos profundo e deixando ela sentir meu pau duro encostar em uma de suas pernas, desci até sua buceta e comecei a chupar e a sugar até ela ficar bem inchadinha. Me levantei, coloquei a camisinha e partir pra cima dela literalmente, fui metendo devagar até encaixar todo meu cacete dentro dela. Foi uma transa perfeita, a química bateu forte e nada e ninguém conseguiria desgrudar nós dois naquele momento. Quando a gente se deu conta já tinha quase três horas juntos, não tivemos tempo de conversar direito, até por que o que ela queria de mim era outra coisa. O que rolou entre a gente foi muito intenso e verdadeiro, a gente parecia faminto um pelo outro. Quando a gozada é boa a gente não cansa, a gente relaxa, e foi isso que aconteceu depois que tudo acabou.Já estávamos nos arrumando para ir embora, ela me abraçou, me deu um beijo e com uma voz suave me disse "como é bom ser bem comida". Confesso que fiquei surpreso e sem palavras, naquele instante me sentir o cara, porque ouvir isso de uma mulher não tem preço!

ARTE DO SEXO

ARTE DO SEXO
Durante mais ou menos 15 dias uma nova cliente iniciou uma conversa pelo Whats comigo, a espontaneidade dela permitiu naturalmente entrar em sua intimidade e desta forma chegamos ao ponto ideal, a cumplicidade total e plena. Quando nos encontramos pela primeira vez, que aconteceu somente depois destas descobertas. Foi uma química forte e irresistível logo de cara. Com beijos ousados, onde nossas bocas e línguas exploravam totalmente a do outro, acompanhados de abraços e carícias fortes. A coloquei na cama e comecei a beijar seu pescoço e orelha, em seguida desci para seus seios, continuei a descida chegando em sua bucetinha linda e suculenta. Neste ponto me dediquei com muito empenho explorando bem de ponta a ponta fazendo ela pedir para não parar, fui descendo até suas coxas beijando e lambendo carinhosamente, coloquei ela de costas e iniciei minha subida, sempre com beijos passei pela sua bunda apetitosa e sutilmente passava a língua entre elas dando lambidinhas fazendo ela sussurrar e se contorcer todinha. Continuei meu passeio e fui subindo beijando seu pescoço, deitei por cima dela e deixei meu pau no meio de suas coxas, pressionando sua bunda e buceta. Eu o esfregava de cima pra baixo e de baixo pra cima bem de devagar. Ela virou e abocanhou meu pau com muita vontade, aquela boca quente iniciou uma chupada tão gostosa e intensa, que me deixou totalmente louco de tesão. Nesta hora começamos a trocar nossas iniciativas, ela chupando e eu fodendo sua boca com movimentos contínuos e exploradores, até que não aguentando mais a coloquei de barriga pra cima e abri bem suas pernas, para iniciar nossa primeira foda. Coloquei a camisinha penetrei sua buceta molhada e quentinha começou a receber meu cacete de forma lenta e profunda, fazendo com que sentisse cada centímetro. Os movimentos foram se tornando mais intensos, onde as metidas se tornaram mais fortes e contundentes. Foi maravilhoso! Depois que ela gozou continuamos abraçados por um longo tempo trocando carícias e muitos beijos. Seu corpo a todo momento manifestava seu tesão com contrações e espasmos, o meu querendo mais o seu e, tudo isso fez com que reiniciássemos mais uma transa. Ela pegou novamente meu cacete e o beijou com carinho e chupou muito gostoso deixando bem duro, ficou de joelhos sobre mim e colocou na entradinha de sua buceta e sentou suavemente. A carinha que ela fazia era muito provocante, ela subia e descia de maneira que eu vibrava todinho, seus movimentos variavam entre a suavidade e a intensidade, força e velocidade. Estava a ponto de gozar quando ela saiu e ficou de joelhos, pedindo que eu a fodesse de quatro. Ajoelhei atrás dela e comecei a pincelar com meu cacete em sua bucetinha, passava no seu cuzinho levando a pequenos espasmos. Depois iniciei a penetração em sua buceta, onde ela abaixou totalmente sua cabeça, deixando a bunda para cima. Não pude deixar de enfiar todo meu cacete na sua buceta super molhada e iniciar uma trepada com todo vigor. Ela gritava e falava palavões ao mesmo tempo que pedia para meter toda dentro dela, mais uma vez ela começou a gozar e era manifestado de forma intensa, até que arriou seu corpo e ficou estática, suspirando com bastante intensidade e com meu pau duro dentro dela. Eu sentia meu corpo fervendo por dentro que não consigo descrever, mas garanto, que era muito bom. Aquela buceta quente envolvendo e apertando meu cacete fazia com que a gente ficasse mais extasiado e nos fazendo ter uma sensação indescritível, provocando, assim meu gozo, que encheu a camisinha de porra. Depois disso ela levantou e chupou todo meu cacete e o deixou limpinho. ela se deitou ao meu lado e começamos a falar de tudo que havia acontecido. Meu pau ainda estava meia bomba e ela começou a chupar que logo ele cresceu e ficou duro na sua boca. Ela não parava, chupava com vontade, sempre variando seus movimentos, retirava da boca e esfregava em seu rosto, depois enfiava até o fundo de sua garganta provocando espasmos, em seguida vagarosamente. Não conseguíamos ficar parados, a necessidade de fazer algo era muito intenso. Até que ela ficou de joelhos ao meu lado e, olhando bem no fundo dos meus olhos pediu que eu fodesse seu cuzinho, mas que tivesse cuidado, pois não estava acostumada a fazer sempre isso. Atendendo ao seu pedido, iniciei uma chupada na sua buceta, onde ela já começou a ficar bem excitada para em seguida chupar seu cuzinho, enfie bastante a língua, depois passei o lubrificante e fui colocando um dedo lá dentro e a brincar com ele, deixando bem relaxado. Coloquei ela de lado e com calma e carinho fui enfiando bem devagar, ela suspirava e mexia de leve seu quadril, ela não dizia nada, só suspirava e mexia, até que encostei em sua bunda. Ela começou a rebolar e empurrar seu corpo pra traz. Ela me xingava, falava palavrões, suspirava, gritava, estava totalmente extasiada e pude sentir pelas suas contrações que se tornaram muito intensas. Logo depois deste show eu acabei gozando como ela queria o que a deixou maravilhada. Depois de tudo isso, não tínhamos mais força para nada. Ficamos impressionado como tudo foi tão intenso e natural ao mesmo tempo e a naturalidade de tudo muito simples e envolvente. Enfim, conseguimos usar a verdadeira ARTE DO SEXO em sua plenitude. Onde os corpos se fundem um ao outro, como estivéssemos invadido o interior de cada um!

MINEIRINHA UAI

Foi numa quarta-feira a noite e de muita chuva que fui ao encontro de uma mineirinha baixinha, estilo fitness e muito gata. Durante mais ou menos 15 dias antes ela entrou em contato comigo pelo whats, dizendo que estaria vindo para um resort aqui na Bahia localizado na linha verde. Logo no primeiro contato ela já falou o que pretendia e já combinamos tempo e valor. Ela pediu que eu agendasse o número dela, não costumo ter no meu celular números de minhas clientes para preservar a identidade delas, a não ser que elas autorizem. Durante os dias seguintes ela falou comigo quase todos os dias e isso foi fortalecendo cada vez mais a nossa interação e intimidade, na manhã do dia do encontro ela confirmou o horário para as 20 horas. Com tudo acertado, só faltava nos encontrarmos, pontualmente cheguei no resort, ficaríamos um pouco no bar para depois irmos para o quarto, uma de suas amigas que a acompanhava nesta viagem veio em minha direção e perguntou meu nome, após confirmar quem eu era, esta amiga disse que era para eu aguardar porque ela já estava vindo, mas de repente quando olho para o lado, lá vem ela, linda, corpinho marombado, com uma calça branca super colada mostrando todos seus atributos, reconheci ela de cara pois já tinha visto várias fotos dela pelo whats através do seu status. Nos apresentamos e nem ficamos no bar como combinado e fomos logo para o quarto, confesso que eu também queria, ainda mais depois de ter visto aquela coisinha maravilhosa, andando de mãos dadas em direção ao quarto ela para, olha para mim e sem dizer uma palavra me agarra e me beija, o local é muito escuro e ficamos trocando carícias quentes alí mesmo, coloquei ela em um degrau de uma escada para poder encaixar melhor meu corpo no dela e se demora mais um pouco acho que rolaria alí mesmo, te digo mais, se ela estivesse de saia com certeza ia rolar. Continuamos andando e quando chegamos nas áreas mais claras cruzamos com vários hospedes e tive que me desdobrar para disfarçar o volume na minha calça, pois meu pau estava extremamente duro, chegamos no quarto e não perdemos tempo, começamos onde tínhamos parado lá fora, os beijos e carícias tomaram mais força, ela começou desabotoar minha camisa enquanto ia beijando meus peitorais, foi descendo as suas mãos até abrir meu cinto e por cima de minha calça ela segurou com toda vontade meu mastro duro. Coloquei ela deitada na cama, deitei por cima dela e comecei a roçar nela, beijando sua boca com suavidade e muito tesão, tirei sua blusa e passeei minha língua por aqueles seios de mamilos arrebitados, tirei sua calça e fui percorrendo todo seu corpo com beijos e lambidas até chegar na sua xoxota pequena mais com um grelo delicioso, chupei com vontade, abria suas pernas e caía pra dentro, me lambuzei rsrsr. Tirei minha calça e ela veio e me chupou com tanto carinho que me arrepiei todo, fizemos um 69 esplêndido, sentia um gosto maravilhoso na minha boca que eu saboreava de tal forma que meu pau latejava de tanto prazer. Levantei para pegar a camisinha e enquanto eu vestia meu pau pedi para que ela se abrisse todinha, ela me olhava fixamente em meus olhos, fui lentamente até ela e encaixei a cabeça da pica bem na portinha da boceta dela e fui enterrando bem devagar até entrar toda, fiquei no vai e vem lento, com calma para que ela sentisse todo meu tesão, eu sentia aquela boceta pegando fogo e apertando meu pau como se quisesse segurá-lo lá dentro. A cada gozada dela eu trocava de posição e assim foi até darmos uma parada para descansar, ela deitou a cabeça no meu peito e ficamos alí por vários minutos trocando apenas carinho um com o outro. Recomeçamos nossa transa fazendo anal, começamos de lado com ela de costas pra mim, deixando ela livre para rebolar bem gostoso, depois mandei ela subir no coqueirinho e que visão maravilhosa vê-la fazendo aquele agachamento com vontade, por fim uma galinha assada de tirar o chapéu, coloquei um travesseiro por baixo dela para poder facilitar a penetração e nesse momento eu quase gozei. Troquei a camisinha e ela pediu que eu ficasse deitado para vir por cima de mim, parece que ela tinha guardado a melhor gozada para o final, o gozo dela veio com squirt (ejaculação, esguicho de líquido) e foi longo e forte, sentia cada jato me encharcar, e quanto mais ela gozava, mais encharcado eu ficava, para finalizar ficamos no papai e mamãe e gozamos nos beijando e nos abraçando forte porque não queríamos sair dalí, meu gozo foi inexplicável e intenso, naquele instante a gente estava completamente entregue, o sorriso dela era de satisfação e plenitude. Depois de tudo voltamos ao mesmo lugar onde nos encontramos e suas últimas palavras ditas pra mim após o nosso encontro descrevia exatamente tudo que acabei de escrever! 

MACHO ALPHA

Sei que fazer amor é gostoso, é uma delícia! Mas hoje queria ser usada, abusada e lambuzada, queria ser fodida com força e sem piedade, ter você todo enfiado em mim. Após dias sem nos vermos, a urgência em ter esse momento era urgente. Mal chegamos ao quarto e você me deitou sobre a cama e puxou meus seios para fora do vestido sugando e lambendo ferozmente. Arranquei a sua camisa pois precisava sentir seu calor, abro sua calça e pego em seu mastro, ahhh que pau duro... Eu queria ele dentro de mim o mais rápido possível. Imediatamente abocanhei essa delícia de pau sugando com vontade e arranco gemidos de meu macho, sentindo seu gosto em minha boca e não demorou para eu ser fodida na garganta sem piedade ao ponto de me deixar sem fôlego... putão! Agora necessito de seus carinhos, você me puxa para parede e arranca minha roupa, arreganha minhas pernas e começa a me fazer sexo oral, os movimentos de sua língua em minha buceta arranca gemidos, entrando e saindo, ao redor, em cima do grelo me deixando prestes a gozar e como sempre eu não aguento e gozo forte, entrego meu gozo em sua boca e deixo meu gosto em sua língua. Estava ainda de pernas bambas quando sentir você entrando em mim, seu pau me penetrando de uma só vez, começando a me estocar forte, insaciavelmente, me beijando e sugando minha língua, lambendo meu pescoço, entrando e saindo do fundo de minhas carnes, enfiando seu pau e dizendo obscenidades em meus ouvidos.
De repente me coloca de quatro e diz que vai comer meu cu, vai me foder gostoso e com força. Me lubrifica e encaixa a cabeça do pau na entrada do meu rabo e força a entrada, começo a gritar e tenho a boca abafada por sua enorme mão que faz uma mordaça e resolve o assunto. Se posiciona e força a entrada e aí não tem jeito e começa a entrar, sinto escorregar para dentro de meu rabo e se acomodando por inteiro, meus gritos abafados, coração a mil, rabo ardendo. Você estoca com força uma, duas, três, quatro vezes e meus gritos de tesão não se fazem ouvir, mete vigorosamente e me leva ao delírio, seu suor se mistura ao meu nos deixando molhados, continua metendo com todo o tesão que estava guardado para mim, não consigo mais esperar e gozo em seu pau sentindo que meus músculos apertam aquele caralho grosso e sinto ele latejando dentro do meu rabo, gozo loucamente que parecia que meu corpo teria um colapso... Ainda tentando me recuperar com seu pau dentro de mim permanecendo lá no fundo, meus braços estendidos já não tem forças, me segura pelos cabelos puxando minha cabeça para trás e começa a me foder novamente enfiando e tirando o pau duro e grosso e puxando meu corpo para mais perto do seu. Na cama minhas mãos apertam o lençol e sinto sua outra mão percorrer meu quadril e sobe até a cintura me levando a tremer, minha cintura é algo que excita demais ao ser apertada, estou toda para você e juntos fazemos movimentos frenéticos e intensos até eu gozar novamente. Sinto sair de minhas entranhas e se senta na beirada da cama enquanto me olha fixamente, me ajoelhei entre suas pernas e passo a lamber seu pau que estava dentro de mim minutos atrás, sinto nosso cheiro e nossos gostos, chupo seu pau enquanto me segura pelos cabelos ditando o ritmo, minha boca quente e carnuda chupando e minha língua macia faz com que meu macho alpha enlouqueça de tesão e comece a me foder mais uma vez e gozando como jamais o vi gozar... Você é o único a me provoca arrepios e só de pensar que me tocará, provoca em mim urros que estremecem meu corpo e explodem em minha boca gritando e gemendo expondo o quanto seu poder me entorpece. Sempre e para sempre!!!


VADIA x VADIO

Essa nossa última foda comprova que cada vez que a gente se encontra está cada vez melhor e cada vez mais surpreendente. Essa foi a saída de número 12,13,14? ou seria a de número 15? Kkkkk. Confesso que perdi as contas das vezes que saímos. A verdade é que a nossa cumplicidade, carinho e afeto, entrosamento são extremamente verdadeiro, forte e tão intenso que ultrapassam os limites da cama, isso com certeza é a chave do segredo e da nossa química. Quando saímos levamos horas juntos e durante este período não conseguimos  conversar por 1 minuto se quer porque você já vem pra cima de mim querendo mais pica, você é insaciável e não aguenta ver meu pau rígido em potência máxima que vai logo colocando ele dentro da sua buceta ou do cu para que eu te arrombe. Você é tão vadia que a cada metida que eu dou você pede mais e mais. Tenho que confessar que chego em casa acabado fisicamente com meu pau inchado e com a cabeça vermelha de tanto te foder, e só de lembrar fico querendo mais. O melhor é que a nossa festa no motel é muito divertida, regada com um excelente prosecco, vários tipos de petiscos e frutas para deixar o nosso sexo ainda mais saboroso. Mais na verdade o que mais gosto é ver que você não deixa meu pau descansar, chupa com muita gulodice me enlouquece e eu simplesmente adoroooo kkkkk. Foder você é tudo de bom, eu me sinto de alma e corpo lavados, e bem lavado diga-se de passagem, porque além da piscina e banheira ainda me da aquele banho gostoso com aquele sabonete maravilhoso que comprou só para usar comigo. Sua buceta é linda e amo chupa-la e fode-la, faço com tanto gosto e prazer que esqueço de tudo, pareço uma criança quando está com o brinquedo que mais gosta, aliás comer você é minha brincadeira predileta ķkkk. Fazer você gozar por várias vezes me deixa louco de tesão. Você goza tão forte que chega até sufocar, pedindo um tempo para respirar, mas como eu sou um bom "garoto" dou sempre o tempo suficiente para mudar você de posição e continuar a te foder e fazer você perder praticamente os sentidos o que aliás já aconteceu algumas vezes e sem falar quando você chora copiosamente em meu pau. Enfim... Você é o sabor do pecado mais pecaminoso que existe e eu sou um pecador nato. Somos dois escrotos e dois vadios. Sua Chata. Chata e Chata.

O PICA DAS GALÁXIAS

Depois de alguns atendimentos com esta cliente, a nossa intimidade vem aumentando a cada encontro e ela vem sentindo e descobrindo coisas que até então achava que era mito ou até mesmo impossível de acontecer com ela, um exemplo disso é a tão polêmica e controvérsia ejaculação feminina. Segundo ela mesma, embora já tenha lido tudo a respeito e assistido alguns filmes, ainda assim não acreditava, eu disse não acreditava, até que aconteceu com ela e tudo mudou. As vezes acho que não tenho uma pica, e sim, uma vara de condão rsrsrsr, porque consigo fazer mágicas com minha bela pica de 20 centímetros grossa e extremamente dura. Em nosso segundo encontro ela pôde experimentar um gozo único, coloquei ela por cima de mim e enfiei no seu cú a minha vara mágica, quer dizer, minha pica mágica kkkk. Quando eu estava metendo gostoso no seu cú, ela começou a gozar e jorrar de sua buceta um liquido quente que escorreu pela minha virilha, ela não acreditou no que estava acontecendo, então eu continuei para tirar a prova e mais uma vez ela gozou e o líquido escorreu de novo e em maior quantidade. Sem saber o que falar e completamente perdida ela foi ao êxtase, me abraçava e me beijava com tanta felicidade que me encantou. Nos atendimentos seguintes não foi diferente, ela gozou outras vezes pelo cú enquanto sua buceta jorrava o líquido quente de novo e mais uma vez felicidade total. Tudo que é bom, pode ficar ainda melhor, não é mesmo? E foi isto que aconteceu, saímos mais uma vez e aconteceu algo inacreditável para ela, coloquei ela sentada na cabeceira da cama e pedi que abrisse as pernas e fui empurrando meu pau lentamente e depois fui aumentando as estocadas e enquanto ela gemia e gritava sentido meu pau teso dentro da sua buceta aconteceu o inesperado, ela gozou tão forte que ejaculou em meu pau chegando a molhar o lençou da cama tamanha foi a quantidade de líquido, ela ficou tão impressionada e maravilhada que ria o tempo todo. Embora tudo isso seja mérito único dela, pois eu apenas fui e sou um coadjuvante, mas mesmo assim vou dizer pra vocês como me sinto... Me sinto "O PICA DAS GALÁXIAS" kkkkk.